Ciclo Avançado – O Avesso da Psicanálise - Seminário 17

No dia 30/11/2019, dando continuidade ao ciclo avançado do CLIN-a da cidade de Ribeirão Preto, Emmanuel Melo apresentou o capitulo V “O Campo Lacaniano” do seminário XVII “O Avesso da Psicanálise” de Jaques Lacan. Abaixo, segue a resenha do que foi elaborado a partir de sua apresentação.


A “chave” do seminário XVII é que Lacan se distância das questões dos Discursos, estabelecendo uma relação entre o Campo do Gozo e o Campo Lacaniano. Nesse momento do ensino, Lacan esta apoiado no gozo enquanto repetição, avançando sobre o conceito de gozo dos primeiros seminários, que eram mais próximas ao Imaginário.


Em 1920, Freud localiza a repetição como obstáculo para o principio do prazer. Lacan avança para um além do principio do prazer, apontando um gozo para além do sentido, contrapondo Freud que tinha uma expectativa da Psicanálise poder domesticar o gozo.


Na página 72 da ultima edição do Seminário XVII, Lacan afirma que “a referência de um discurso é aquilo que ele confessa querer dominar, querer amestrar”. A referência é que todo Discurso busca uma dominação e porta algo do Discurso do Mestre.


Foi retomada uma elaboração de Marcus André Viera, onde o Discurso do Mestre é o modelo e o Discurso da Psicanálise está no avesso disso. A não dominação no Discurso da Psicanálise é uma questão política, tratando o gozo que insiste como vivo e não como uma falha.


Miller localiza uma diferença entre a clínica e a Psicanálise, onde na pratica clínica ocorre uma relação próxima com o Discurso do Mestre, pois existe a suposição que uma verdade será encontrada. A dominação é a busca para a instauração da verdade, mas com a queda do mestre, qual clinica é possível hoje?


Lacan aponta que não há nada mais subversivo do que não pretender a solução, sendo que o Discurso do Analista fica na fronteira entre a verdade e o saber.


Lacan se propõe um desafio quando decide ir além do inconsciente estruturado como linguagem, entrando no campo do gozo, pois a dificuldade de falar sobre o gozo, é que falar é gozar. O Discurso se origina no gozo, na tentativa de dar conta do gozo. Para Freud o sujeito sustenta que não sabe quem o diz; Lacan em Instancia da Letra no Inconsciente aponta para o inconsciente enquanto uma voz que diz.


Na página 75 da ultima edição do Seminário XVII, Lacan afirma “que o gozo é o Tonel das Danaides”, na tentativa de falar daquilo do gozo que escorre, como o insuportável da tarefa do analista, pois o sujeito sempre espera uma saída. Falar do Real é um Tonel das Danaides. No contemporâneo estamos diante de uma profusão de objetos, numa tentativa fálica de compensar o que escorre, onde fechar isso que escorre, seria a Felicidade.


Freud revela a verdade sobre os Discursos, na hipótese de que o falo gera felicidade. A Felicidade está no falo e não no sujeito. O complexo de Édipo foi um meio de lidar com esse gozo pelo consentimento da castração, numa tentativa de moderação do gozo.


Lacan retoma a raiz da palavra sexo, onde no latim ele chega ao significante “secare”, um “secamento” que aponta para morte. O falo ganha um destaque como uma parte exclusiva do corpo, o falo como representante simbólico disso que do corpo se destaca e cai.


O desejo escancara que o sexo não é reduzido ao ato sexual. Lacan articula a exclusão fálica com o desejo. O falo é feliz, o sujeito portador não, pois o corpo se goza, mas o sujeito busca um “a mais”.


Marx percebe que se na relação de trabalho existe um lucro, isso foi arrancado do trabalho de alguém. A mais valia permite a Lacan dar o passo que faltou em Freud, podendo avançar na pulsão de morte para além da agressividade, pois não há Discurso que não seja do gozo.


Por fim, esse foi o último encontro do Ciclo Avançado no ano de 2019 e as atividades serão retomadas em março de 2020.


Boas Festas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Felipe Ortolani – Participante do Ciclo Avançado do CLIN-a Ribeirão Preto.

Posts Em Destaque
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
logo_bottom2.png

Rua Prof. Ernest Marcus, 91 - Pacaembu - (11) 3675-7689 - Brasil - clin-a@clin-a.com.br

  • Grey Facebook Icon

Todos os Direitos Reservados - © 2018

Desenvolvido por Bruno Senna