• clinaclinica

Ateliê de leitura: “A significação do Falo" - Escritos de Lacan.



Atividade em recesso

Coordenação: Renata Duarte Hoexter

Periodicidade: semanal, das 15 às 16:15h

Leitura dos textos:

"Organização genital infantil" - Freud (1923)

"A significação do falo - Lacan (1958)

"A dificuldade do trabalho de pesquisa em psicanálise demonstra-se claramente pelo fato de ser-lhe possível, apesar de décadas inteiras de observação incessante, desprezar aspectos de ocorrência geral e situações características, até que, afinal, elas nos confrontam sob forma inequívoca. " (p. 157)

É com esse esclarecimento que Freud (1923) introduz seu texto sobre a organização genital infantil que trará para ele e para os demais que se interessam pelo inconsciente, uma constatação que reexaminará uma série de conceitos que, como ele dirá mais adiante em seu texto, ainda estavam em aberto ou equivocados sobre o desenvolvimento da sexualidade infantil: a primazia fálica.

Mas que valor tem essa constatação? Do que se trata a primazia fálica?

Em primeiro lugar, ela aproxima a consideração sobre vida sexual da criança à do adulto. Isto porque, "o interesse nos genitais e em sua atividade adquire uma significação dominante, que está pouco aquém da alcançada na maturidade" (p. 158). Ao mesmo tempo, a característica principal dessa ‘organização genital consiste no fato de, para ambos os sexos, está em consideração apenas um órgão genital, o masculino. O que está presente, portanto, não é uma primazia dos órgãos genitais, mas uma primazia do falo.

Constatar a primazia fálica como o centro da sexualidade infantil permitiu a abertura de um campo de investigação para a representação subjetiva tendo o falo como organizador.

Essa descoberta trouxe consequências no desenvolvimento da psicanálise: referenciou a questão o destino das pulsões, o complexo de castração, os mecanismos de defesa frente a castração, as consequências na vida psíquica na escolha objetal de meninos e meninas no desenvolvimento da sexualidade. Inclusive permite que Freud posicionasse o enigma da sexualidade feminina em torno da relação da menina com o falo.

A partir deste ponto, ele fará um esforço em conduzir o comunidade psicanalítica a deslocar questão do órgão para o simbolismo fálico: "Os desenvolvimentos ulteriores são geralmente conhecidos demais para que se torne necessário recapitulá-los aqui. Parece-me, porém, que o significado do complexo de castração só pode ser corretamente apreciado se sua origem na fase da primazia fálica for também levada em consideração.” (P.160)

Lacan (1958) leva em consideração esse esforço de Freud em deslocar a questão do órgão para o falo, divergindo com a leitura míope que alguns psicanalistas da época conduziam essa questão da sexualidade.

A leitura de Lacan sobre a primazia fálica pela lógica do inconsciente estruturado como linguagem, possibilitou inscrever definitivamente a questão fálica como ordenador simbólico, tomando o falo enquanto função.

Lacan (1958) logo no início do texto: "A significação do falo" faz duas pontuações fundamentais que apontam o complexo de castração inconsciente como função de nó: a primeira na estruturação dinâmica dos sintomas, e segunda, na instalação de uma posição inconsciente sem a qual o sujeito não poderia identificar-se com o tipo ideal de seu sexo.

O falo, enquanto significante portanto, opera como a função que permitirá inscrever o sujeito em sua relação com a lei e com o desejo do Outro e como conseqüência, instala-se a posição do sujeito enquanto dividido diante da lei e do desejo do Outro.

Assim, tendo como referência o tema do próximo Encontro do Campo Freudiano: "A queda do falocentrismo - suas consequências para a psicanálise", proponho com esse ateliêr examinarmos, como colocado por Freud no início desse argumento, como a primazia fálica se faz central em toda psicanálise e como Lacan tratou dessa questão, como uma preparatória ao próximo Encontro, que tratará então de sua queda.


0 visualização
logo_bottom2.png

Rua Prof. Ernest Marcus, 91 - Pacaembu - (11) 3675-7689 - Brasil - clin-a@clin-a.com.br

  • Grey Facebook Icon

Todos os Direitos Reservados - © 2018

Desenvolvido por Bruno Senna